FAZENDO SUCESSO NA VIDA

Como fazer sucesso é um questionamento que me fiz por muito tempo, principalmente no início de minha vida adulta (faz muito tempo…..). Naquela época, quando eu tinha 16 anos, eu sonhava em estar trabalhando com projetos de produtos e máquinas, esse era o projeto que me deixaria feliz e satisfeito, eu me via criando e desenhando produtos novos. O que eu precisava fazer para atingir esse objetivo foi muito sucessosimples, eu precisava estudar em uma universidade federal ou estadual (grátis) de engenharia ou tecnologia de projetos, era a única possibilidade que eu tinha. A definição do que eu precisava foi fácil, mas, sempre tem um mas, eu precisa fazer um cursinho particular preparatório para o vestibular e não tinha condições financeiras para arcar com o custo. Teria que ganhar mais do que no emprego que estava , bom, o universo conspira a nosso favor, consegui um emprego part time e pude fazer o cursinho. O dia a dia era muito corrido, tinha dois empregos durante a semana, as noites no cursinho e fins de semana estudando durante todo o ano antes do vestibular e novamente o universo conspirou a meu favor e ingressei em uma universidade estadual.

Relatei como tive sucesso nesse projeto pessoal com o objetivo de exemplificar um projeto exitoso e a partir daí delinear uma fórmula para o sucesso nos projetos e na vida.

Como bom profissional da área de exatas, o raciocínio lógico me leva a pensar no processo e na descrição das etapas que precisam ser desenvolvidas para descrever como se ter sucesso, mas isso vou deixar para um próximo post, considero mais importante do que qualquer coisa, que está acima de tudo e que sem isso tudo é uma grande balela, e se chama FAZER, FAZER, FAZER!!!!!!! Deixe me explicar, após eu ter ingressado na universidade e mesmo até os dias de hoje, escuto comentários a meu respeito do tipo : cara de sorte; japones é inteligente; nasceu com a bunda virada para a lua; etc….em nenhum momento ouvi dizer o quanto tive que trabalhar e estudar, imaginem 50 semanas consecutivas trabalhando 50 horas/semana, estudando 32 horas/semana, me privando de lazer, amigos, etc.., nem mesmo doença me afastou do
PERSEVERANÇAque tinha que fazer, nesse periodo meu termometro era os exames simulados, onde eu poderia medir minhas chances de ingressar na universidade…….Isso foi árduo, foi difícil, não, nem um pouco, eu, hoje, posso
dizer que a jornada foi incrível, o processo em que as coisas foram acontecendo era fantástico, minimizando muito o sacrifício que foi feito, me lembro que durante o caminho eu nem pensava em outras coisas, a concentração era tamanha e a vontade de se atingir o resultado sobrepujava tudo. Para não pensarmos que isso é um caso único, posso dizer que presenciei inúmeros exemplos disso, um caso muito especial, me chama a atenção, uma pessoa muito próxima de mim, entrou em uma renomada universidade estadual no curso de odontologia, em um período que a concorrência era extremamente elevada, pois bem, eu sabia que ela trabalhava no Banco do Brasil, fazia cursinho e estudava todas as noites até de madrugada, outro exemplo, relatos de como Airton Senna trabalhava para maximizar seus resultados, ele simplesmente deixava os japoneses da Honda malucos, e justamente por isso era e é ovacionado no Japão, porque trabalhava e fazia muito….Bernardinho como técnico da seleção brasileira de volei e muitos outros, a propósito, desconheço exemplos de pessoas que conseguiram exito em qualquer projeto importante onde não houve uma boa dose de FAZER. PORTANTO INDEPENDENTE SE CERTO OU ERRADO, FAZER É O ITEM MAIS IMPORTANTE PARA SE ALCANÇAR O SUCESSO.

 

Espero que tenha contribuido na sua jornada.

 

 

http://timelinelife.com/fazer-e-acontecer/

http://timelinelife.com/como-conseguir-atingir-os-objetivos-profissionais-em-menos-tempo/